quarta-feira, 20 de abril de 2016

Manaus/AM - Manaus Previdência fecha o trimestre com 89 novos segurados

Manaus/AM - Manaus Previdência fecha o trimestre com 89 novos segurados
Setor de Concessão de Benefícios da Manaus Previdência (Foto: Marcia Claudia Senna/Manaus Previdência)

A Manaus Previdência fechou o balanço do primeiro trimestre de 2016 registrando a entrada de 89 novos aposentados e pensionistas na previdência municipal. O número é 16,8% menor que o registrado no mesmo período do ano passado, mas continua sendo acompanhado periódica e atentamente pela direção da autarquia.

“Nossa missão é assegurar o pagamento de benefícios previdenciários e garantir o equilíbrio financeiro e atuarial. Esse balanço é importante para acompanharmos se os dados estão dentro do esperado e projetado pelo nosso atuário, garantindo, assim, que nossa missão seja cumprida. Para isso, também acompanhamos outros indicadores, como receita, despesa, equilíbrio atuarial e evolução do patrimônio”, disse o diretor-presidente da autarquia, Marcelo Magaldi.

Em alguns Estados, medidas atípicas em relação ao pagamento de salários e 13º de servidores foram adotadas a fim de combater descompasso entre receita e despesa das contas, incluindo aí problemas previdenciários. No Rio Grande do Sul, por exemplo, desde junho de 2015 o governo estadual passou a parcelar o pagamento dos servidores por não ter recursos suficientes para honrar os compromissos. O mesmo motivo levou o governo de Sergipe a parcelar em seis vezes o pagamento do 13º salário de 2015.

No município de Manaus, segundo Magaldi, a situação encontra-se em equilíbrio devido a algumas medidas adotadas nos últimos três anos, como a segregação de massas (criação de contas específicas de receita e despesa para os fundos Previdenciários – Fprev – e Financeiro – Ffin -, para o pagamento dos benefícios dos segurados e dependentes); resgate de recursos de aplicações realizadas em fundos de alto risco; e uma carteira de investimento segura e saneada.

Entretanto, os cuidados para que a crise no sistema previdenciário não atinja a previdência municipal não param e outras medidas já estão em andamento para garantir a manutenção do saneamento da Manaus Previdência. Entre elas, o censo previdenciário, que iniciou suas atividades em fevereiro e termina em junho. Segundo Magaldi, a ação é essencial para a atualização dos dados cadastrais e funcionais dos servidores públicos municipais efetivos, estando em atividade ou não, assim como pensionistas e dependentes, todos vinculados ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS). Com estas informações, será construída uma base de dados sólida e confiável, que possibilitará um cálculo financeiro e atuarial extremamente preciso, reduzindo, de forma segura, o custo da previdência para o município já a partir deste ano. “Em pouco mais de 30 dias de trabalho nessa área, já recenseamos mais de 10 mil pessoas, o que significa pouco mais de um terço do total a ser recenseado, que é de 28 mil”, lembrou Magaldi.

 Texto: Marcia Claudia Senna/Manaus Previdência
   
Assine aqui gratuitamente o BLOG PREVIDÊNCIA JÁ e receba às atualizações por Email


Print Friendly and PDF

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Siga o Blog Previdência Já no Facebook

Seguir por email