quinta-feira, 26 de maio de 2016

Aposentados e servidores protestam contra o fim do ministério da Previdência e reforma

Aposentados e servidores protestam contra o fim do ministério da Previdência e reforma
Manifestantes levaram faixas e cartazes para a antiga sede da pasta

A Cobap (Confederação Brasileira dos Aposentados e Pensionistas), com sede em Brasília, e servidores protestaram na manhã desta terça-feira, 24, contra a extinção do Ministério da Previdência, que foi anexado à pasta do Trabalho, ainda na gestão da presidente Dilma Rousseff, e contra as propostas da equipe econômica do governo interino do Michel Temer que reduzem os direitos de trabalhadores e aposentados.

A reforma em estudo pelo governo prevê a instituição de uma idade mínima para aposentadoria por tempo de contribuição (65 anos para os homens e 60 anos para as mulheres) e uma nova regra de reajuste para os benefícios ativos. A regra atual garante a reposição da inflação (o INPC). Para os aposentados que recebem o piso, o reajuste é igual ao do salário mínimo. O governo pretende estabelecer uma regra que permita um reajuste menor para os benefícios.

O governo criou um grupo de trabalho com parlamentares e representantes das centrais sindicais para definir um modelo de reforma nas regras de aposentadoria e política de reajuste dos benefícios.

"Queremos o ministério da Previdência de volta e autonomia para cuidarmos democraticamente das nossas contribuições", disse Warley Martins, presidente da Cobap.

Durante o protesto, os aposentados colocaram uma faixa escrito "Ministério da Previdência Social" abaixo da placa que indica a sede do ministério do Trabalho. Antes, a placa também indicava a sede do extinto ministério da Previdência.

Aposentados e servidores da Previdência e do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) deram um abraço simbólico no prédio.

A partir das 15h, uma comissão dos servidores participará da reunião de organização do Lançamento da Frente em Defesa da Previdência Social, na Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal, onde será lido um manifesto de repúdio pelo fim do Ministério da Previdência.

Para a próxima segunda-feira, 30, os servidores organizam uma caminhada na Esplanada dos Ministérios, com trajes brancos e reivindicando a volta do Ministério. A concentração terá início às 13h, na sede do extinto Ministério da Previdência.


Assine aqui gratuitamente o BLOG PREVIDÊNCIA JÁ e receba às atualizações por Email


Print Friendly and PDF

                              

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Siga o Blog Previdência Já no Facebook

Seguir por email