quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Manaus/AM - Previdência municipal fecha semestre com números positivos

Manaus/AM - Previdência municipal fecha semestre com números positivos

A previdência do Município de Manaus fechou o primeiro semestre de 2016 com números altamente positivos: a meta atuarial bateu 98,8%; a carteira de investimentos fechou em R$ 827,6 milhões, e os investimentos de risco representam apenas 22% da carteira de investimentos, muito abaixo dos 60% que significavam no início de 2013.

“Esses avanços têm permitido à Manaus Previdência investir suas aplicações em fundos de baixo risco e com meta atuarial garantida, além de demonstrar a boa gestão dos recursos investidos pela atual administração”, comentou o diretor-presidente da Manaus Previdência, Marcelo Magaldi.

Os números foram apresentados na tarde desta terça-feira, 30, na reunião de gestores do órgão, onde também foi apresentado o primeiro balanço do acompanhamento mensal do passivo atuarial da instituição, realizado pelo atuário da instituição, André Gouveia.

“Apresentei o método de gestão que está sendo utilizado para fazer a evolução deste passivo, assim como o gráfico de janeiro a julho. Por fim, o resultado atuarial que nos mostra a situação do fundo no referido mês, isto é, se está superavitário (sustentável) ou não. No nosso caso, está sustentável”, ratificou Gouveia.

Também foi demonstrado o detalhamento das receitas dos fundos Previdenciário e Financeiro; as publicações de aposentadorias e pensões; as reservas matemáticas de benefícios a conceder; e contas públicas, entre outros assuntos.

PASSIVO MENSAL

Pioneiro no País, o acompanhamento mensal do passivo da previdência de Manaus é mais uma ação que assegura a boa gestão dos recursos previdenciários e garante o pagamento em dia dos benefícios de aposentados e pensionistas.

Calculado obrigatoriamente uma vez por ano, o passivo atuarial é um estudo técnico desenvolvido pelo atuário, baseado nas características biométricas, demográficas e econômicas da população analisada, visando estabelecer, de forma suficiente e adequada, os recursos necessários para a garantia dos pagamentos dos benefícios previstos pelo plano. Compiladas, essas informações são enviadas à Secretaria de Políticas de Previdência Social (SPPS), ligada ao Ministério da Fazenda.

A diferença entre o valor do ativo real líquido (patrimônio) e o passivo atuarial demonstra a sustentabilidade ou não do órgão previdenciário. No caso da Manaus Previdência, o patrimônio é acompanhado mensalmente por meio da sua Superintendência de Investimentos, mas a situação atuarial da autarquia só era conhecida uma vez por ano, por meio da Avaliação Atuarial.

“Isso mudou desde junho passado, quando começamos a atualizar o valor do nosso passivo atuarial mensalmente. A iniciativa está dando certo e agora podemos confrontar o valor com o Ativo Real Líquido da autarquia e verificar a nossa situação de momento”, explica André Gouveia.

“Caso a situação atuarial da Manaus Previdência apresente resultados indesejados ao longo dos meses, esse acompanhamento possibilita a adoção de medidas em tempo hábil, o que era impossível antes, quando levávamos um ano para tomar conhecimento dessa situação, seguindo os procedimentos comuns do sistema”, acrescenta.

Conforme Magaldi, esta iniciativa significou um salto no aperfeiçoando a gestão da previdência municipal, redobrando os cuidados com a missão de garantir os direitos previdenciários dos segurados e de seus dependentes.

Texto e Foto: Marcia Claudia Senna/Assessoria Manaus Previdência


Assine aqui gratuitamente o BLOG PREVIDÊNCIA JÁ e receba às atualizações por Email

Print Friendly and PDF

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Siga o Blog Previdência Já no Facebook

Seguir por email